quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Enem: nenhum candidato de Petrolina fez 172 das 180 questões

Caso de estudante que afirmou ter quase gabaritado o exame levantou suspeitas de nova fraude no Enem.

Nenhum estudante que fez o Enem em Petrolina (PE) acertou 172 das 180 questões das provas aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro. Segundo o Estadão.edu apurou, a maior nota no município nem chegou perto desse elevado índice de acertos. O caso de um candidato tido como mediano que disse ter quase gabaritado o exame levantou suspeitas de uma nova fraude no Enem - o tema de um texto de apoio à redação vazou no interior da Bahia, concluiu investigação da Polícia Federal.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Texto de uma futura professora...

Mobilização pela educação em geral, e não apenas em um fim de semana pelo erro de um exame!!!
Clarissa Fernandes Peralvo Vergara

Sempre que houver injustiças em realização de exame, será anulado?


1°: Ao realizar a prova, me deparei com questões muito bem elaboradas, preparadas com cuidado para medir as competências e habilidades de um estudante. O mais impressionante é que nunca desta forma tive uma prova na escola.
2°: No término das duas provas, incomensurável era meu cansaço, " a prova é muito extensa, ou não somos preparados adequadamente para a realização dela?"
3° Não bastasse toda a minha angustia e aflição, ainda vem a notícia que pode ela ser anulada.

A noticia espalhou-se rapidamente, neste momento muitas famílias ficaram angustiadas em saber o destino das provas. A mobilização foi geral, percebemos que a OAB, a midia, estudantes e familiares se uniram exigindo seus direitos.

Precisamos com a mesma vontade, intensidade e revolta exigir desde cedo nossos direitos como estudantes, e o principal deles é a educação de qualidade. Não espero uma mudança na prova do Enem(que julgo bem estruturada), pois a prova exige interdisciplinaridade e contextualização com a vida real, um dos objetivos da educação que é preparar o estudante para aplicar em seu cotidiano conhecimentos científicos sistematizados na escola objetivando uma melhoria de vida. Acredito que possamos com essa mesma força lutar pela educação digna que nos prepare não somente para um exame ( Enem, concursos e vestibulares) mas também para lidar com os obstáculos da vida.

Já pararam para pensar na injustiça?

Alguns estudantes se sentem prejudicados por erros gráficos, pela prova ser extensa e por não ter adquirido os conhecimentos necessários durante os anos letivos na escola, outros pelo fato de não poderem realizar a leitura da prova, não podendo interpretar gráficos, analisar tabelas, pois estes necessitam de um ledor ( deficientes visuais).

A mobilização de um final de semana, é o que devemos ter durante toda nossa formação.

É direito dos alunos exigirem dos educadores uma formação de qualidade, assim como é direito dos educadores exigirem do governo a estrutura necessária para exercer sua profissão, assim sendo direito do governo exigir resultados.

E cabe a todos cumprirem seus deveres.


Clarissa Fernandes Peralvo Vergara
Estudante do Ensino Médio do Colégio Estadual Antonio Gomes Correa







Tsuru


Vídeo produzido pela equipe da Caminhos&Paisagens com o objetivo de mostrar o passo a passo da construção do Tsuru.

Temático - São Paulo



Vídeo produzido pela Ambiental e Caminhos&Paisagens e coordenado pelo Prof. Valther Maestro. O Vídeo relava algumas características de São Paulo, tanto nas suas contradições, nas suas poesias, quanto nas características que a transformaram numa metrópole global.

Escolas - Dantas Dumont - Educação Infantil


Vídeo produzido pelo Colégio Dantas Dumont para mostrar as mudanças que a Coordenação proporcionou. Nessa escola as crianças não são separadas em séries/turmas/classes de acordo com a idade. Todos os estudantes trabalham juntos e realizam atividades direcionadas pelos educadores. O acompanhamento do estudante é feito por portfólio e por relatório descrito. Observe como é possível inovar, basta acreditar. Essa escola teve a assessoria do Prof. Valther Maestro e o Prof. Valther Giovedi por 3 anos.

sábado, 6 de novembro de 2010

Questões do Enem têm pesos diferentes

Embora não seja mais novidade, a Teoria da Resposta ao Item (TRI), usada para a correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começa hoje às 13 horas em todo o País, ainda confunde estudantes. O conjunto de modelos matemáticos faz com que dois alunos com o mesmo número absoluto de acertos possam ter notas diferentes na prova.

Para entender como a teoria é aplicada ao exame, o Estado pediu ao cursinho pré-vestibular COC que corrigisse um simulado do Enem dos dois modos, tradicional e por meio da TRI.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Inep lista erros mais comuns na hora de fazer o Enem

Falta de atenção nas cores do cartão de resposta e assinatura fora do lugar indicado anulam nota da prova.

No próximo fim de semana 4,6 milhões de estudantes farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Preparo, concentração e horas de sono são as dicas mais recorrentes. Mas pequenos detalhes, como a assinatura no lugar correto, a atenção com as cores das provas e o uso de caneta podem anular a prova - e fazer com que o aluno fique sem nota.

domingo, 17 de outubro de 2010

Reflexões emprestadas de Elisa Lucinda e da Coragem de Ana Carolina



Quem dera todos os educadores utilizassem essas palavras e as transformassem em procedimentos educacionais... segue abaixo a minha contribuição para o mundo da educação, aquela que objetiva mudar o mundo...





Reflexões emprestadas de Elisa Lucinda e da Coragem de Ana Carolina


Meu coração está aos pulos


Quantas vezes minha esperança será posta a prova... quantas vezes terei que provar?


Por que em minha escola tinha que fazer tantas provas, porque sempre queria me classificar?


Por que devo provar o que sei, que saberes são estes, quem decidiu o que eu devo saber?


Alguém se importa com aquilo que quero saber? Quais são minhas dúvidas? Meus sonhos, mais angustias e meus caminhos de esperança?


Por que minha escola está ruim?


Porque meus professores não são educadores?


Por que eles continuam somente a professar? Qual a verdade que eles querem nos ensinar?


Por que minha escola pública esta sucateada se vivo na 5ª potencia do mundo?


Por que meus professores recebem menos que os políticos, que os médicos, que os juízes... se eles são as pessoas que formam todos os outros profissionais?


Por que a cidadania não se materializa em todas as escolas... e as escolas que fazem um bom trabalho são vistas como exceções...por que essa não é a regra?


Como querem que eu questione os corruptos se eu não tenho o direito de questionar as coisas do meu dia-a-dia...


Meu diretor, meu professor, meus amigos, meus pais... questionar não é duvidar, é apenas exercitar a fala e a escuta...


É possibilitar uma relação dialógica onde eu posso ter minhas perguntas respondidas...


Meu coração está no escuro...


E sei que a luz pode ser acessa na escola...


Todos os conselhos devem ser ouvidas, eles devem também ser colocados em prática, para ganhar forma e ser avaliado...


Ouvir, falar, observar, comparar, relacionar, colocar em prática, avaliar e criar...


Quero experimentar na escola os caminhos da honestidade e da transparência...


Reuniões abertas, assembléias para decidir caminhos, projetos para mudar o mundo...


Muitos dizem que sou um sonhador


Prefiro continuar sonhando... quero a esperança do esperançar e não do esperar...


Sempre vou fazer outra vez, sempre estarei disposto...


Sempre estarei bem e feliz...


Pois aqueles que me esperam, me esperam com a possibilidade de pensar em possibilidades


Minha esperança é útil, minha honestidade é justa... meu envolvimento com a criança e com o jovem alimenta a minha vida


Alimenta de esperança a minha cidade, o meu estado, o meus país o meu mundo...


Quero coisas imortais... assim como sonhos de Gandhi, as como as idéias de Einstein, assim como as obras de Portinari e os caminhos de Paulo Freire


Quero um sonho imortal que muitos também já sonharam, de ver um mundo repleto de felicidade...


Sem reclamar do começo errado, pois esse começo já passou...


Pois se a gente quiser podemos mudar o que temos e construir um novo final


Valther Maestro

Profissão de Professor

Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível.



Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores.

Saberes diferentes...


"Num largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro. Numa das viagens, iam um advogado e uma professora.



Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro:



- Companheiro, entende de leis?

- Não. - Responde o barqueiro.

E o advogado compadecido:

- É pena, perdeu metade da vida!

A professora muito social entra na conversa:

- Senhor barqueiro, sabe ler e escrever?

- Também não. - Responde o remador.

- Que pena! - Condói-se a mestra - Perdeu metade da vida!


Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco.

O barqueiro preocupado pergunta:

- Vocês sabem nadar?

- Não! - Responderam eles rapidamente.

- Então é pena - conclui o barqueiro - Vocês perderam toda a vida!"



"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes"
(Paulo Freire).

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Problemas Ambientais


Vídeo produzido por 3 estudantes do 1º ano do ensino médio do Colégio Nossa Senhora do Morumbi para a aula de geografia do Prof. Valther Maestro.
A proposta era elaborar um vídeo utilizando recursos disponíveis da internet (imagens, som, outros vídeos, propagandas...) e montar um novo material que pudesse ser utilizado com os outros estudantes da escola buscando ampliar a noção sobre os problemas ambientais, reconstruir conceitos sobre essa temática e dinamizar elaboração de propostas e a busca por soluções para tais problemas, além de garantir uma maior participação dos estudantes em projetos que busquem uma nova maneira de viver, pensar e produzir.
Observe atentamente a trilha sonora, o conjunto de imagens e a forma como eles construíram a seqüência do vídeo.


Produção e Edição: Marco, Kaio e John Bland
Orientação: Prof. Valther Maestro

O Cisne do Imperador


Vídeo produzido a partir de uma fabula que objetiva refletir sobre a importância do respeito aos tempos e ritmos de cada pessoa. Material produzido para ser trabalhado em cursos de formação de professores.
No contexto do vídeo, muitas vezes o professor é o Pintor que busca entender o incompreensível e a partir dele elabora seu plano de aula. No entanto, em outros momentos o professor pode ser o Imperador, que cobra do estudante resultados rápidos. Tal analogia também pode ser feita aos pais, que muitas vezes não respeitam o ritmo de seus filhos exigindo resultados rápidos e comparando-os com outras crianças.
Infelizmente também podemos perceber que no contexto escolar atual os educadores que começam a garantir que o “cisne – estudante” possa ser formado não é valorizado, pois muitas vezes não se sabe o que foi feito e quem fez os “primeiros rascunhos da obra”.




Coordenação do Projeto: Valther Maestro
Texto: fábula que foi trabalhada em uma reunião pedagógica no Colégio Emilie de Villeneuve
Edição: Manoel Assad

Ensinar Exige


Vídeo produzido para ser trabalhado em momento de formação com professores. Objetivamos refletir sobre o papel do educador no contexto atual, verificando novos procedimentos que respeitem os conhecimentos prévios dos estudantes.
O vídeo foi elaborado a partir da obra Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire e busca possibilitar aos educadores a ampliação do seu papel na materialização de uma escola que respeita as diferenças e luta pelo fim das desigualdades.

Coordenação do Projeto: Valther Maestro
Texto: Valther Maestro (Pedagogia da Autonomia – Paulo Freire)
Edição: Manoel Assad

Educação vai passar por Revolução

"Educação vai passar por revolução", diz ex-executivo do Google

Após anunciar sua saída para a Anhanguera Educacional, Alexandre Dias quer usar tecnologia na transmissão do conhecimento.

Após dois anos no Google Brasil, Alex Dias vai assumir rede de ensino superior com faturamento de R$ 1 bilhão

Alexandre Dias dá risada quando questionado sobre o burburinho no mercado de tecnologia após o anúncio da sua saída do cargo de diretor-geral do Google no Brasil para assumir a presidência da rede de ensino Anhanguera Educacional. “A saída de um executivo sênior da empresa sempre vai chamar a atenção”, disse ao iG em entrevista ao telefone. Após dois anos à frente da filial brasileira da maior empresa de tecnologia do mundo, Dias está entusiasmado. O motivo? A chance de trabalhar num mercado que cresce muito no Brasil e que deve passar por uma revolução nos próximos anos. O executivo quer usar sua experiência para mudar a maneira como se transmite conhecimento no País. “Será como navegar num portal ou numa loja virtual, mas ao invés de fazer compras a pessoa estará aprendendo”, afirmou. Confira os principais trechos da entrevista:

iG: A sua decisão pegou muita gente de surpresa e deixou o mercado agitado?

Alexandre Dias: É um movimento que chama a atenção por duas razões. A primeira é que se trata de mais uma notícia sobre educação, assunto que tem rendido muitas manchetes nos últimos anos. E depois por se tratar de Google. A saída de um executivo sênior da empresa sempre vai chamar a atenção. Mas o que importa é que estou entusiasmado e contente. O desafio é enorme e instigante.

iG: O que levou o senhor a deixar a maior empresa de tecnologia do mundo para trabalhar na Anhanguera Educacional?

Dias: Trabalhar no Google é uma experiência única. Fiz isso por dois anos, cumpri um ciclo num setor que é muito dinâmico. Acho que dei uma contribuição positiva. Mas a vida não para aí. Se você analisar, a operação no Brasil é pequena, tem 200 funcionários. A saída do cabeça da empresa gera, no mínimo, curiosidade. O convite da Anhanguera me fez pensar que o ciclo no Google poderia estar no final e acabar antes do previsto. E que poderia entrar numa nova empreitada onde pudesse ser desafiado pela ambição do projeto. A educação é um setor que passa por um processo de profissionalização e que atrai capital e gestão de ideias. Mais do que nunca, é um setor que vai passar por uma revolução. Hoje a educação ainda é muito tradicional, usa giz e quadro para transmitir conhecimento. Tem gente que discute se esse é o melhor método de passar o conhecimento.

iG: Que tipo de revolução podemos esperar na educação?

Dias: Algum tempo atrás, a tecnologia começou a impactar a vida do consumidor, que passou a adotar um computador e o transformou numa commodittie. Isso possibilitou a popularização do conteúdo e ajudou a revolucionar indústrias como música e produção de conteúdo. Agora, a tendência é que mude também a educação. Minha bagagem vai ajudar a estruturar isso.

iG: Já é possível adiantar que tipo de novidades serão adotadas pela Anhanguera?

Dias: A partir de agora me junto a um grupo de executivos e acadêmicos que têm a missão de precisar e identificar uma visão estratégica. A ideia é discutir que vai acontecer com o ensino. Depois vamos traduzir isso para um modelo de negócio.

iG: O senhor pode dar um exemplo?

Dias: O que chama a atenção lá fora é a visão de escalabilidade da tecnologia na educação. Alguns grupos educacionais têm data center e oficinas de conteúdo que distribuem conteúdo em escala para milhares e milhares de alunos. É como navegar num portal ou numa loja virtual. Mas, ao invés de fazer uma compra ou ler uma notícia, você passa por uma experiência de aprendizagem.

iG: Quando começaremos a perceber essas mudanças na Anhanguera Educacional?

Dias: A expectativa é montar um mapeamento disso para os próximos cinco a dez anos, mas queremos buscar algumas mudanças imediatas. Vamos evoluir o modelo de educação a distância nos próximos 12 meses. Ainda está na etapa de discussões. Tenho coisa na cabeça, no papel. Mas é preciso discutir melhor.

iG: Em cinco anos, a Anhanguera Educacional quer triplicar o número de alunos matriculados. Como conseguir isso?

Dias: É um salto grande. Mas em 2005 a empresa tinha 20 mil alunos. Naquela época, falar em 300 mil era um sonho distante. A ideia agora é acelerar o crescimento. Pelo histórico, isso é possível. Para atrair, vamos usar três alavancas. A primeira é o modelo orgânico de crescimento, onde visualizar espaços no mercado para faculdades e trabalhar o mercado da região. Também vamos fazer aquisições. A Anhanguera é a empresa que mais fez aquisições no mercado de educação. Por fim, nossas unidades estão passando por um processo acelerado de maturação.
iG: Por que focar nas classes C e D?

Dias: Porque a oportunidade está nessas classes sociais. A classe A já é bem servida, sem falar que se trata de uma classe menor. A classe média vem passando por um crescimento do poder aquisitivo e tem uma carência de serviços customizados para sua realidade.


Pedagogia da Cinta


Vídeo de um telejornal apresentado por Luiz Carlos Prates e repassado por e-mail para vários educadores. O e-mail faz referência de forma positiva sobre a fala do jornalista. No entanto, o que podemos observar claramente é que esse jornalista diz uma série de absurdos.
Primeiro compara o professor a um juiz de futebol, profissões diferentes e atuações diferentes em lugares diferentes. O pior é acreditar que se um estudante “der um tapa na cara de um professor nada acontecerá ao estudante”.
Em outro momento, menciona o absurdo de uma criança levar o celular para a escola, demonstrando claramente que desconhece o papel da escola no contexto atual, que deve ser entre inúmeros outros procedimentos o de é ensinar as crianças e os jovens a vivenciarem o contexto do seu cotidiano, refletindo e discutindo o uso da tecnologia. Em nossa visão, a escola não é o lugar da proibição e sim onde os processos de aprendizagem se materializem. Quem dera que todas as crianças e jovens pudessem aprender a utilizar os recursos de um celular, inclusive a calculadora, já que existem adultos que infelizmente ainda não conseguem realizar contas de porcentagem em uma calculadora “normal”.
Possibilitar momentos de reflexão sobre o uso do celular também é papel da escola. Usar tal tecnologia para garantir novos procedimentos de aprendizado é um dos caminhos possíveis. No entanto, uma nova relação entre a família e a escola deve ocorrer, justamente para estabelecer novos combinados acerca de uma série de ações, inclusive o contato com os estudantes durante o período de aula.
Outro absurdo é acreditar no fato que criança não tem opinião. Tal fato revela um total desconhecimento do universo da criança e nas formas de construir o conhecimento. As crianças do mundo atual, assim como as crianças do passado, possuem opinião. No então, as crianças atualmente podem falar o que pensam e muitos possuem uma visão de mundo que muitas vezes podem surpreender muitos adultos, especialmente os mais vaidosos, prepotentes e presunçosos que acreditam que tudo sabem. No entanto, o pior é acreditar que a pedagogia da cinta é o melhor caminho para resolver possíveis distúrbios ou problemas na construção dos limites. “Zebrar a perna dos indisciplinados” não é o caminho a meu ver, na verdade esclarecer os limites a partir de uma relação dialógica, garantindo experimentações e vivencias é uma das possibilidades de mostrar aos estudantes o que é certo e o que é errado em um contexto social.
Em relação à pedofilia, acredito que é dispensável fazer comentários... o que falta para muitas pessoas é leitura... é necessário estudar para poder falar para o público uma série de coisas, justamente uma pessoa que muitas vezes é um formador de opinião...infelizmente essas coisas ainda acontecem em nossos meios de comunicação.

Projeto Idas e Vindas


Vídeo do 1º Dia Cultural da Universidade de Mogi das Cruzes – Campus Villa Lobos . A atividade tinha como objetivo criar um grupo de estudantes que desenvolvessem ações culturais no campus da universidade abrindo suas portas ara a comunidade. Nesse dia oferecemos a comunidade curso de formação de monitores, curso de contação de história e uma série de oficinas.





Coordenação do Projeto: Elisabete Cardieri
Orientação: Eliana Poug e Valther Maestro
Edição:Eliana Poug



Água


Vídeo produzido para ser apresentado em cursos de formação de professores e atividades de ação ambiental com estudantes. Objetivo principal é refletir sobre a forma que utilizamos os recursos hídricos e possibilitar que os estudantes desenvolvam projetos de ação sócio-ambiental. Além disso, o vídeo trabalha com múltiplas linguagens e possibilita o desenvolvimento de uma série de habilidades: observar, relacionar, comparar, concluir e propor.



Coordenação do Projeto: Valther Maestro
Texto: Valther Maestro e Manoel Assad
Edição: Manoel Assad
Música: água - Seu Jorge

Projeto Otto Weiszflog


Projeto desenvolvido em 2006 na escola que visava à formação dos educadores, a reconstrução do projeto político pedagógico e o desenvolvimento de atividades diferenciadas para os estudantes. Além disso, refletíamos sobre os novos paradigmas educacionais. Realizamos uma série de Estudos do Meio com os estudantes, tanto no município de Caieiras, quanto na Região Metropolitana de São Paulo.



Os estudantes foram divididos em grupos conforme o bairro que moravam e desenvolveram um plano de ação para minimizar os problemas ambientais. Os estudantes trabalhavam em grupos formados de todas as séries, sem divisão de turmas, série ou idades.



O resultado do projeto foi maravilhoso isso pode ser visto no Vídeo. Esse vídeo é a primeira versão, ele sofreu correções, mas optei em colocá-lo justamente pelo seu valor histórico. Infelizmente o projeto não continuou, mas acredito que as pessoas que vivenciaram essas ações conseguiram estabelecer novas relações com a escola, com a comunidade e tiveram condições de perceber que as informações trabalhadas na escola são significativas quando aplicadas em nosso cotidiano.



Coordenação do Projeto: Valther Maestro e Irene Soares da Silva
Apoio Operacional: Caminhos&Paisagens
Texto do Vídeo: Valther Maestro
Edição: Manoel Assad

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Pais Brilhantes, Professores Fascinantes

Bons Pais
  • Dão presentes
  • Nutrem o corpo
  • Corrigem erros
  • Preparam os filhos para os aplausos
  • Conversam
  • Dão informações
  • Dão oportunidades

Pais Brilhantes
  • Dão seu próprio ser
  • Nutrem a personalidade
  • Ensinam a pensar
  • Preparam os filhos para os fracassos
  • Dialogam
  • Contam histórias
  • Nunca desistem

Os Pecados
  • Corrigir Publicamente
  • Expressar a autoridade com agressividade
  • Ser excessivamente crítico
  • Punir quando estiver irado e colocar limites sem dar explicações
  • Ser impaciente e desistir de educar
  • Não cumprir com a palavra
  • Destruir a esperança e os sonhos 


Este livro tem a intenção (pelo menos) de mudar para sempre sua visão sobre como produzir uma educação excelente. Formar crianças e adolescentes sociáveis, felizes, livres e empreendedores é um belo desafio nos dias de hoje. A solidão nunca foi tão intensa: os pais escondem seus sentimentos dos filhos, os filhos escondem suas lágrimas dos pais, os professores se ocultam atrás do giz. O estresse e a ansiedade fazem parte da rotina de jovens e adultos. A produção de conhecimento se multiplicou, mas as novas gerações não estão sendo formadas para pensar e sim para repetir informações. A educação mundial passa por uma crise sem precedentes. Há esperança? Sim! Neste livro o psiquiatra e cientista Augusto Cury mostra que é preciso cultivar a emoção e expandir a inteligência dos jovens. E, para isso, os pais e professores precisam de ferramentas para estimular as crianças e os adolescentes. Ele mostra que para fazer a diferença temos de adquirir os sete hábitos dos pais brilhantes e dos professores fascinantes. Além disso, ele chama a atenção para os sete pecados capitais dos educadores e ensina dez técnicas pedagógicas que podem revolucionar tanto a sala de aula quanto a de casa. Pais Brilhantes, Professores Fascinantes é um ótimo exemplo do talento de Augusto Cury: um livro cheio de valiosas contribuições para a auto-estima e desenvolvimento das pessoas.

OS SONHOS

Os sonhos são como vento, você os sente mas não sabe de onde eles vieram nem para onde vão.
Eles inspiram o poeta, animam o escritor, arrebatam o estudante, abrem a inteligência do cientista, dão ousadia ao líder. Eles nascem como flores nos terrenos da inteligência e crescem nos vales secretos da mente humana.
A vida sem sonhos é como um céu sem estrelas...
Alguns sonham em ter filhos, em rolar no tapete com eles, em se tornarem grandes amigos... Outros sonham em ser cientistas, em explorar o desconhecido e descobrir os mistérios do mundo... Outros ainda sonham em ser socialmente úteis, em aliviar a dor das pessoas...
Alguns sonham com uma excelente profissão, em ter grande futuro, em possuir uma casa na praia... Outros sonham em viajar pelo mundo, conhecer novos povo, novas culturas, e se aventurar por ares nunca antes desvendados.
Sem sonhos, a vida é como um manhã sem orvalho, seca e árida.
Sem sonhos, as perdas se tornam insuportáveis, as pedras do caminho se tornam montanhas, os fracassos se transformam em golpes fatais.
Mas, se você tiver grandes sonhos seus erros produzirão oportunidades, seus medos produzirão coragem.

Que seus sonhos se materializem e que a esperança possa vencer o medo sempre...



Valther Maestro

1º CONCURSO DE LITERATURA – GÊNERO POESIA


- PRÊMIO “JACI DONADIO” -

A Casa de Cultura de Santo Amaro - Manoel Cardoso de Mendonça - projeto “Mercado das Letras”, convida crianças, jovens e adultos a participar de 1º Concurso de Literatura:

REGULAMENTO


1. Inscrições: de 27 de setembro a 29 de outubro de 2010


2. Tema: Os trabalhos inscritos no concurso terão temática livre e escritos em língua portuguesa.


3. Categorias:

• Infanto-Juvenil até 18 anos;

• Adulto acima de 19 anos.

4. Apresentação:

• Os participantes deverão morar na cidade de São Paulo ou Grande São Paulo;

• Cada autor poderá inscrever apenas uma poesia;

• A poesia deverá ser inédita, ou seja, nunca antes publicada;

• Deverá ser datilografada ou digitada, em fonte Arial ou Times, tamanho 14, em papel A4, em um só lado em espaço duplo, contendo: título, pseudônimo e categoria em que concorre;

• Deverão ser entregues em 03 (três) vias, que ficarão disponíveis para retirada entre 10 de janeiro e 31 de março de 2011, sendo descartadas após esta data.

5. Entrega do material: O candidato deverá entregar as (três) vias em um envelope ofício, pessoalmente ou pelo correio no seguinte endereço:

1º CONCURSO DE LITERATURA


Casa de Cultura de Santo Amaro - Manoel Cardoso de Mendonça
Praça Dr. Francisco Ferreira Lopes, 434 - Santo Amaro
São Paulo – SP – CEP: 04751-070


O envelope deverá conter: um envelope pequeno e fechado com os seguintes dados do participante: nome, pseudônimo, endereço completo com CEP, número do RG, e-mail, telefone, idade e indicar como ficou sabendo do concurso. Se menor de 18 anos: acrescentar o nome e RG do responsável.

6. Prazo de inscrição: serão aceitas no período de 27 de setembro até 29 de outubro de 2010. Para inscrições enviadas pelo correio valerá a data da postagem feita até 25 de outubro de 2010.

7. Premiação:


• O resultado será fixado na Casa de Cultura a partir de 29 de novembro;


• A premiação será no dia 07 de dezembro de 2010, às 19h30;


• Os três primeiros colocados receberão um troféu;


• Do quarto ao décimo colocado receberão medalhas.


• Os dez finalistas receberão “Certificado de Participação”, ficando sua obra exposta no período de 6 de dezembro de 2010 a 7 de fevereiro de 2011.


• Todos os participantes receberão “Menção Honrosa”.


• Os finalistas deverão retirar seus prêmios na Casa de Cultura.


8. Comissão Julgadora: Os organizadores do 1º Concurso de Literatura indicarão Comissão Julgadora, constituída por personalidades de renome na área, sendo seus nomes mantidos em sigilo até a entrega da premiação. As decisões da Comissão serão soberanas e não serão passíveis de recursos ou impugnações em qualquer fase do processo de premiação. Os casos excepcionais e não previstos serão resolvidos pelos organizadores.

9. Informações: [11] 5522-8897 com Denise ou Edú

Pablo Picasso

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Uma grata surpresa

Professores da microrregião de Venâncio Aires que participaram da I Jornada Gaúcha de Educação – Educar melhor, um desafio possível – em Porto Alegre, durante a semana, tiveram um agradável surpresa.

domingo, 19 de setembro de 2010

Chega de mentira e de inverdades, vamos falar sobre a realidade? (PARTE I)

Prezados Educadores...
Há alguns meses venho recebendo alguns e-mails absurdos sobre o sistema de ensino brasileiro. Muitas vezes leio tais e-mails, fico assustado mas não me importo, mesmo não concordando com o conteúdo de tais mensagens. No entanto, recentemente recebi 4 vezes o mesmo e-mail enviado por 4 educadores diferentes, que tentam justificar o insucesso dos estudantes diante dos processos educacionais utilizados nas escolas atualmente.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Transition

por Caio Fernandes, redação ONNE
________________________________________
EUA terá carro voador em 2011


São Paulo, 28 de julho de 2010: Imagine a cena: você está andando na rua, quando olha para o céu, e se depara com um carro voador. Seria parte de um sonho? Não mais. Em 2011, uma cena desse tipo poderá ser frequente. A Terrafugia acaba de divulgar oficialmente o modelo Transition, que pode ser usado como carro ou avião.


O veículo terá suas vendas iniciadas a partir do ano que vem nos Estados Unidos e custará cerca de US$ 194. Com asas dobráveis e motor Rotax 912, ele tem autonomia de 740 quilômetros e pode atingir a velocidade de 185 km/h.

Utilizando apenas gasolina comum, o Transition realiza sua transformação de automóvel para avião em apenas 30 segundos, e vice-versa. No chão, tem tração dianteira, onde a força do motor é aplicada no eixo da frente.




Fonte: http://msn.onne.com.br/autos/materia/14133/transition

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Professores do Colégio assistem palestra de Valther Maestro

No dia 7 de agosto,os professores do Colégio estiveram reunidos na Escola Bom Pastor para uma palestra com Valther Maestro.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010


CAPACITAÇÃO JOVEM CONSCIENTE









PRANAYAM


O nariz tem um lado direito e um esquerdo; usamos ambos para inspirar e expirar.
Na verdade eles são diferentes: o direito representa o Sol, o esquerdo, a Lua.
Durante uma dor de cabeça, tente fechar a narina direita e usar a esquerda para respirar.
Dentro de cerca de cinco minutos a dor de cabeça deve ir embora.

GREGG BRADEN

Extraído do livro “Awakening to zero point” de Gregg Braden
Publicado em 10 de maio de 2010



Gregg Braden, desenhista de sistemas de computação aeroespaciais e geólogo chefe da Phillips Petroleum é um cientista conhecido hoje por unir o mundo da ciência e o mundo espiritual. Vale a pena ler o que ele diz! Se você viu o documentário (DVD) de Louise Hay chamado “Você pode curar sua vida”, ele está lá também dando seus depoimentos maravilhosos.

Você sabe que hoje a ciência já provou através da física quântica que somos energia e que estamos todos conectados através de nossa vibração? Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal, está em todos os lugares. E como somos a imagem e semelhança de Deus, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso. Somos seres espirituais e não seres feitos de matéria.

Durante muito tempo achava-se que a menor partícula de uma célula, o átomo, era feito de matéria. Depois descobriram que na verdade a maior parte de um átomo é vácuo, então achava-se que o núcleo, que é muito pequeno, fosse material. Essa idéia caiu por terra quando através do uso de microscópios eletrônicos muito potentes, verificou-se que o núcleo de um átomo é apenas energia condensada, não é matéria.

Mas se tudo que existe no mundo “material” é feito de um conjunto de células, estas são feitas de átomos e se um átomo de qualquer coisa não é material, então no nivel microscópico, nada é material, tudo é vibração , tudo é feito de energia condensada.

Vivemos em um universo de vibração e nossos corpos são feitos a partir da vibração da energia que emanamos constantemente. O que você pensa sobre seu corpo e sua saúde?

Apesar de pouco conhecida ainda, a descoberta do Grande Código Isaias nas cavernas do Mar Morto em 1946 revelou as chaves sobre nosso papel na criação. Entre essas chaves encontram-se as instruções de um modelo “perdido” de oração que a ciência quântica moderna sugere que tenha o poder de curar nossos corpos, trazer paz duradoura à nosso mundo e talvez prevenir as grandes tragédias que poderiam enfrentar a humanidade. Com as palavras de seu tempo, os essênios nos lembram que toda oração já foi atendida por Deus.

Qualquer resultado que possamos imaginar e cada possibilidade que sejamos capazes de conceber, é um aspecto da criação que já foi criado e existe no presente como um estado “adormecido” de possibilidade.

A física quântica já foi apelidada de Física das possibilidades por nos dizer que tudo o que imaginamos encontra-se disponível como uma das possibilidades que vamos assimilar em nossas vidas, só deveríamos “atrair” a que desejamos pelo nosso pensamento.

Criar, atrair ou acessar???

À partir dessa perspectiva, nossa oração baseada nos sentimentos deixa de ser “algo por obter” e se converte em “acessar” o resultado desejado, que já está criado no mundo vibracional (quântico, atômico) das infinitas possibilidades. Ou seja, nada é impossível. Quando temos um desejo sincero, este torna-se parte das nossas possibilidades futuras no nível quântico e só precisamos sintoniza-lo.

Então já sabemos que a ciência atual consegue provar através da teoria quântica que pensamento é energia, que toda energia tem uma vibração e que a vibração cria o mundo material, nossos corpos e todo restante ao nosso redor foi e continua sendo criado através das nossas mentes coletivas.

Também sabemos que a luz é uma fonte de energia , então, à que estão conectadas as partículas de luz? Gregg Braden diz que estamos sendo levados a aceitar a possibilidade de que existe um novo campo de energia e que o DNA está se comunicando com os fótons por meio desse campo.

Experimento 1

Nesse experimento foi recolhida uma amostra de leucócitos (glóbulos brancos) de vários doadores. Estas amostras foram colocadas em uma sala com um equipamento de medição das alterações elétricas. Nesse experimento, o doador era colocado em outra sala e submetido à estímulos emocionais provocados por vídeos que lhe causavam emoções. O DNA era colocado em um lugar diferente do doador, mas no mesmo prédio. O doador e seu DNA eram monitorados e quando o doador mostrava alterações emocionais (medidas em ondas elétricas) o DNA visualizado através de microscópios muito potentes expressava respostas idênticas e simultâneas. Os altos e baixos do DNA coincidiam exatamente com os altos e baixos do doador. O objetivo era saber a que distancia poderiam estar separados o doador e seu DNA para que o efeito continuasse a ser observado. Pararam de fazer as provas quando chegaram à uma distancia de mais de 80 km entre o DNA e seu doador e continuaram obtendo o mesmo resultado, sem diferença e sem atraso de transmissão. O DNA e o doador tiveram as mesmas respostas ao mesmo tempo. Mas o que isso significa?

Gregg Braden diz que isso significa que as células vivas se reconhecem através de uma forma de energia não reconhecida com antecipação. Essa energia não é afetada nem pela distancia e nem pelo tempo. Não é uma forma de energia localizada mas uma energia que existe em todas as partes e todo o tempo.

Experimento 2

Outro experimento foi realizado pelo Instituto Heart Math e nele se observou o DNA da placenta humana (a forma mais antiga de DNA) que foi colocado num recipiente onde podiam ser medidas suas alterações. Foram distribuídas 28 amostras em tubos de ensaio para um mesmo numero de investigadores previamente treinados. Cada investigador foi treinado para gerar e emitir sentimentos e cada um podia ter fortes emoções. O que se descobriu foi que o DNA mudou de forma de acordo com os sentimentos dos investigadores. Quando eles sentiam gratidão, amor, estima, o DNA respondia relaxando e seus filamentos se estirando. O DNA ficou mais longo. Quando os investigadores sentiam raiva, medo ou stress, o DNA respondia se encolhendo. Tornou-se mais curto e muitos códigos se apagaram. Alguma vez você já se sentiu “carregado” por emoções negativas? Agora sabemos o porquê, uma vez que nossos corpos também se afetam. Os códigos do DNA se conectaram de novo quando os investigadores tiveram sentimentos de amor, alegria, gratidão, harmonia e estima e em muitos casos houve cura física de doenças. Essas alterações emocionais provaram que eram capazes de ir alem dos efeitos eletromagnéticos. Os indivíduos treinados para sentir amor profundo, foram capazes de modificar a forma de seu DNA.

Gregg Braden disse que isso ilustra uma nova forma de energia que conecta toda criação. Essa energia parece ser uma rede tecida de forma ajustada e que conecta toda matéria . Essencialmente podemos influenciar essa rede de criação por meio de nossa vibração.

Questão de vibração ...

Há mais de 30 anos, em 1947, o dr. Hans Jenny desenvolveu uma nova ciência para investigar a relação entre vibração e forma. Mediante seus estudos o dr. Jenny demonstrou que a vibração produzia até geometria.. Ele produziu uma surpreendente variedade de desenhos geométricos desde alguns muito complexos até outros bastante simples em materiais como água, azeite, grafite e enxofre em pó. Cada desenho era a forma visível de uma força invisível.

A importância dessa experiência é que com ela o dr. Jenny provou, sem espaço para dúvida, que a vibração cria uma forma previsível na substancia onde é projetada. Pensamento, sentimento e emoção são vibrações que criam um transtorno sobre a matéria em que são projetados, por essa razão precisamos tomar cuidado com o que pensamos e sentimos.

Muitas pessoas se exercitam, vão à academia, bebem muita água, comem alimentos saudáveis mas vivem com raiva ou pessimismo, assistem sempre aos noticiários negativos, adoram filmes de guerra, drama e violência, conversam sobre doenças, crise financeira , guerras. Estas pessoas geralmente não entendem porque ficam deprimidas. O alimento que ingerimos é importante, mas as emoções são o alimento da alma e esse alimento (emoções) influencia nossa saúde e nosso destino completamente.

Que tal ser amigo de sua alma? Veja coisas engraçadas, divertidas, alegres, bonitas, românticas, interessantes, instrutivas, espiritualistas, otimistas. Deixe o noticiário de lado, as conversas negativas, os livros e filmes violentos e tristes, pois o que isso agrega de qualidade positiva em sua vida? Nada. Negativamente? Tudo! Seja mais feliz, ame-se e cuide do alimento de sua alma.

A chave para obter um resultado entre os muitos possíveis (assimilar uma das infinitas possibilidades que nos cercam) reside em nossa habilidade para escolher nossas emoções e sentir que nossa escolha já esta acontecendo. Vendo a oração desse modo, como “sentimento” nos leva a encontrar a qualidade do pensamento e da emoção que produz esse sentimento. Viver como se o fruto de nossa prece já estivesse à caminho.

Se pensamento, sentimento e emoção não estão alinhados, não há união. Portanto, se cada padrão se move numa direção diferente o resultado é uma dispersão de energia e o resultado de sua oração não é recebido por você. Se por outro lado, os padrões de nossa oração se centram na união, como pode o “material” da criação não responder à nossa prece. “Qualquer um que diga à essa montanha: Sai daí e joga-te no mar – não vacilando em seu coração, mas acreditando que acontecerá, assim será” Marcos 11:23. A chave para que a oração seja eficaz é a união do pensamento, sentimento e emoção.

Com que rapidez isso ocorre? Diz Gregg Braden que alguns de nossos cientistas estão observando que o magnetismo da Terra esta diminuindo drástica e rapidamente. Inclusive já especularam em segredo sobre uma possível alteração dos pólos magnéticos do planeta, prevista justamente para o ano que termina o calendário Maia e as profecias assinalam como o principio de um novo começo – 2012. A tão famosa Era de Aquário ...

Diz que quanto maior o magnetismo, maior é o tempo para a manifestação no nosso mundo do que pensamos e sentimos. Por conseguinte, quanto menor o magnetismo, menor será o tempo para nos encontrarmos com a manifestação de nossos desejos e então levara menos tempo para nossos desejos se manifestarem. Isso pode ser algo maravilhoso não? Ou então, menos tempo para a manifestação de nossos medos, caso mantenhamos pensamentos negativos. Tudo depende de você. O que você mais pensa?

Conclusão

Vimos que geneticamente nosso DNA muda com as freqüências que produzem nossos sentimentos e como é que as freqüências energéticas mais altas, que são as do amor, impactam no ambiente de uma forma material, produzindo transformações não só em nosso DNA mas no ambiente que nos cerca. Ou seja, você é muito mais poderoso do que imaginava.

Portanto, quanto mais amor deixarmos fluir por nossos corpos, mais adaptados estaremos para enfrentar o que possa acontecer em nossas vidas. E podemos conduzir todo nosso planeta mediante nossos pensamentos positivos em conjunto para o melhor futuro possível.

Cafézinho

Artista usou 3.604 copos de café para fazer uma gigantesca Mona Lisa, em Sydney, Austrália. Os copos foram enchidos com diferentes quantidades de leite, leite com café e só café para criar as diferentes cores.








Pinturas na rua

Você já deve ter visto os desenhos de Julian Beever, Esse espetacular pintor de calçadas, nesses últimos meses/anos...
Abaixo, mais alguns novos desenhos que circulam pelo mundo...
Todas as pinturas são no piso plano das ruas!!!!!!